Tecnologia do Blogger.

13 julho 2010

Novos Rumos para a Música na Igreja Presbiteriana do Brasil


O Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil está reunido aqui em Curitiba nesta semana gelada (e agradável) de 11-17 de julho. Muitos são os assuntos, propostas, medidas... Nem tudo agrada. Mas uma coisa está sendo absolutamente agradável: existe uma atmosfera extremamente positiva quanto aos rumos da música na Igreja Presbiteriana do Brasil. Em todas as conversas que tive, percebi uma boa vontade impressionante para que a IPB experimente uma alavancada no aperfeiçoamento da música.


O Conselho de Hinologia, Hinódia e Música da IPB (CHHM) enviou um projeto complexo e completo para que a IPB invista em melhorias quanto a este assunto. O projeto inclui quatro itens:


1. Produções fonográficas (um CD por ano - dois infantis, um de cânticos congregacionais e um de coral);
2. Publicação de uma revista de música;
3. Criação de um grupo itinerante (semelhante a Vencedores Por Cristo) para divulgar os CDs produzidos pelo CHHM e para treinamento de grupos musicais nas igrejas locais;
4. Criação da Escola de Música da IPB.


Se aprovado, o projeto incluirá a gravação imediata, ainda em 2010, de um CD infantil considerando a carência extrema de repertório mirim com conteúdo bíblico-teológico de orientação reformada satisfatório e com arranjos atuais. O CD seguinte seria de cânticos congregacionais, como uma segunda edição do recém lançado "Povo da Aliança", produzido pelo CHHM, com arranjos do Daniel Maia e participação de cantores e músicos da IPB. Todas as canções foram compostas por compositores da IPB e incluem estilos variados. Desde reuniões em acampamentos ao culto público poderão ser supridos com as músicas deste CD. O segundo seria nos mesmos moldes. O outro CD seria para coral misto, tendo em vista que esta modalidade carece de incentivo e sugestão de repertório apropriado. Livros de partituras acompanhariam as produções. O melhor é que não haverá interesse comercial e o material todo estará disponível para download gratuito. O quarto CD seria de músicas infantis novamente. Assim nossa igreja seria suprida em todas as esferas e faixas etárias.


A revista de música seguiria um modelo semelhante à da Igreja Batista, "Louvor", que possui artigos, exercícios de técnica vocal, partituras, sugestões para corais, artigos sobre culto e liturgia, reflexões sobre o uso apropriado da música na igreja.


O grupo musical seria selecionado pelo CHHM e incluiria pessoas que revelassem reconhecido talento musical e relativo conhecimento técnico. Um grupo de quatro vocalistas, um guitarrista/violonista, um baixista, um pianista/tecladista, um baterista e um técnico de som comporiam o grupo. Um membro do CHHM seria o coordenador, o qual se responsabilizaria pelos contatos e agenda com as igrejas, a montagem dos circuitos de visitas e prestação de relatórios. O grupo poderia também oferecer cursos breves de técnica vocal/instrumental a fim de aperfeiçoar os músicos das igrejas e firmar a IPB em torno de uma identidade própria.


Estes itens foram pensados levando-se em consideração que a maioria das nossas igrejas usa cânticos contemporâneos e hinos nos cultos e reuniões. Os cânticos mais populares são, via de regra, executados com violão/guitarra, baixo, bateria teclado e baixo. Os hinos são executados com acompanhamento de piano ou órgão. O problema é que hoje há falta de músicos com preparo suficiente para tocar pela partitura. Isso requer estudo da música erudita. Para isto foi proposta a criação da Escola Presbiteriana de Música.


O curso da Escola de Música, conforme a proposta, seria de 3 anos e formaria músicos habilitados para reger corais, dirigir a área da música na igreja local, grupos de louvor, tocar os hinos no piano ou no órgão e conhecer técnicas para gravação em estúdio. Se quiser aperfeiçoar-se, o aluno poderá estudar mais um ano especializando-se em alguma área como canto, piano, órgão, violão e por aí vai. O curso, portanto, poderá ser de 3 ou 4 anos.


Por enquanto, é só o que posso escrever no momento. Enquanto esperamos os desdobramentos do Supremo Concílio 2010, vamos olhar para a frente. Muitas novidades boas virão por aí. Podemos já ver um futuro que inclui uma igreja forte musicalmente e servida de músicos comprometidos com a Palavra de Deus e a boa música, para a glória do Senhor!


Rev. Charles Melo de Oliveira

10 comentários:

Wagner R. Mesquita 14 de julho de 2010 08:34  

Prezado Rev. Charles,

Fico muito feliz e satisfeito porque a IPB tem tomado alguns caminhos no sentido da ampliação dos horizontes para a questão da Música.

Há alguns anos, existiu o Curso de Bacharelado de Música Sacra que funcionava no campus do Seminário Presbiteriano JMC em SP que, durou alguns anos, mas não prossegiu, tendo em vista, que o mesmo era para a preparação de Ministros de Música. Sei que existem muitas implicações sobre a sua "extinção".

Contudo, sugiro que seja repensada a reativação do mesmo, pois seus frutos tem sido de grande valia aos que nele estudaram e muitas igrejas, foram e tem sido abençoadas.

Importante a preparação de novos músicos como essa proposta da Escola de Música, mas considero tão importante quanto, saber o que fazer com os que já formados tecnicamente na área erudita e precisam ser preparados para o Ministério carecendo de conhecimento teológico.

Parabéns pelo excelente trabalho à frente do CHHM. Que Deus continue abençoando seus projetos!

Em Cristo.

Presb. Wagner Mesquita, músico
Secretário Presbiterial Música
PREG - Presbitério Guarulhos, SP
Skype: wamesquita1
Twitter: @wamesquita

Lígia 16 de julho de 2010 09:46  

Gostei da ideia da revista, Pastor! Pode contar comigo... abraço!

Naziaseno 19 de julho de 2010 20:58  

Pr. Charlos Melo

Gostaria de tê-lo na minha igreja para um seminário sobre música e, é claro, sua participação cantando. Como posso fazer?

cordeiro_torres@hotmail.com

intmattos 26 de julho de 2010 17:52  

Olá Pastor! fui recomendado ao seu blog pelo Pr. Samuel Vitalino, frequento a 4 IPB Juiz de fora-MG e gostei muito da idéia sobre a música na IPB. Em setembro estarei em BH, quem sabe poderíamos marcar e trocar idéias sobre música...

Fernando Mattos - intmattos@yahoo.com.br

Charles Oliveira 26 de julho de 2010 20:40  

Caro Naziaseno,

Para mim será um prazer poder compartilhar daquilo que Deus tem me ensinado em sua Palavra com vocês. Infelizmente, só terei datas a partir do ano que vem. Vamos fazer o seguinte: entre em contato por e-mail no endereço charles@ipb.org.br e proponha uma data.

Um abraço!
Pr. Charles

Charles Oliveira 26 de julho de 2010 20:41  

Fernando,

Quando você passar por BH, manda um recado. Pode ser por e-mail; Aí a gente combina de tomar um café e falar de música.

Abraço!

HINOLOGIA 27 de julho de 2010 07:51  

Parabéns a IPB pela iniciativa, que espero aprovada.
Que saudades dos VPC, do Prisma e tantos outros, que louvavam a Deus produzindo e espalhando paz, amor e alegria!

André Faria Ribeiro,  31 de agosto de 2010 10:16  

Rev. Charles.
Boa tarde.
Ao ler essa "matéria" fiquei muito feliz com o projeto, principalmente com a criação deste grupo itinerante, para ajudar as igrejas locais na música. Que Deus possa abençoar a IPB e que possamos crescer cada vez mais nesta área musical.

Sou o tecladista da Igreja Presbiteriana do Jabaquara(São Paulo/SP) . O Sr nos deu palestra sobre técnicas vocais em nosso Encontro Musical.

Anônimo,  29 de junho de 2012 09:25  

A revista foi publicada ?

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Google Search

  ©Template by Dicas Blogger.