Tecnologia do Blogger.

26 julho 2010

Aniversário

Hoje é o meu aniversário. Um filme passou pela minha cabeça.
Na primeira cena, imagino minha mãe e meu pai surpresos com a notícia da gravidez, depois de três filhos. Minha mãe planejava aquele como o último filho (mal sabia ela que Deus lhe reservaria uma feliz surpresa: o Diego, que nasceu 15 anos depois). Uma cena tensa tornou o clima turvo e incerto. Minha mãe teve um problema no sexto mês e o médico ordenou que ela ficasse em repouso absoluto. Não podia sequer levantar o braço. Minha tia Hercília foi fazer companhia a ela e cuidar da casa enquanto ela estivesse naquela situação. Um dia desses eu estava tocando violão e mostrando minhas composições para ela e, de repente, ela começou a chorar. Achei estranho. Não sabia que minha música era tão tocante... Não era. Ela estava se lembrando disso e, ao me ver tocando o violão e cantando, se emocionou, porque eu poderia não estar ali...
Enquanto minha mãe lutava para não me perder, porque na cidadezinha de Paracambi, no estado do Rio de Janeiro, não havia UTI neo-natal e nem condições de salvar um bebê no sexto mês de gestação, ela orou ao Senhor. Em sua oração, pediu que o Senhor me salvasse. Disse que desejava que eu fosse um servo de Deus, um pastor. Com muito custo, chegou o dia marcado para a cesariana. Um menino clarinho e com uma ruga abaixo dos olhos nasceu saudável.
Minhas lembranças da infância são as melhores possíveis. Meus três irmãos mais velhos me paparicavam e brincavam a valer! Éramos pobres, mas sempre muito felizes. Meus pais cantavam desde o tempo de solteiros e, com a chegada dos filhos, foi só deixar a musicalidade de cada um aflorar. Formávamos um conjunto musical completo! Minha mãe disse que em 1975, a Primeira Igreja Presbiteriana de Juiz de Fora não teria programação musical de natal. Não teria até meus pais adaptarem uma cantata deles com os filhos. Dizem que foi emocionante. Eu cantei, mas não lembro de nada.
Lembro dos tempos de infância também em Belo Horizonte. Morávamos na vila militar no Bairro da Graça. Cansei de brincar na praça Poá, no tempo em que a gente correndo, caía por acidente nos espinhos das "coroas de cristo". Nunca achei um ramo de flor em número ímpar! Eu e meu irmão brincávamos onde hoje é o parque municipal ali entre Bairro da Graça e Bairro Silveira, à beira da Av. Cristiano Machado. A gente chamava aquele lugar de Chapéu de Santos Dumont, porque o morro era cortado, parecendo o chapéu do pai da aviação. O asfalto virgem e pretinho era manchado pelos torrões que lançávamos do alto da pirambeira. A gente voltava rosa, cobertos de saibro dos pés à cabeça. Como a gente perdia a noção  do tempo, porque nem tínhamos relógio, minha mãe nos chamava da janela do prédio a tarde toda. Quando chegávamos, a medida da preocupação já tinha dado lugar à ira de uma mãe zelosa. E uma mãe zelosa e irada não era boa coisa para dois meninos arteiros. Ela balançava a mão da janela estalando o dedo indicador mostrando que o coro ía pegar. A gente subia as escadas como dois bezerros indo para o matadouro. Lá em casa, ela nos mandava para o banheiro e mandava tirar a roupa. Era sempre assim: duas varadas em mim e quatro no Cláudio, porque ele era mais velho e não havia dado bom exemplo. A gente chorava, ela saía do banheiro e então a gente entrava no chuveiro. Quando a gente se olhava, não sei explicar porque, mas a gente ria pra valer! As risadas mais gostosas de toda a minha vida eu dei debaixo do chuveiro com meu irmão depois de apanhar da minha mãe.
É, o tempo passa. Pena que não dará tempo de escrever mais. Terei a difícil missão de levar minha esposa no Shopping para comprar um presente para mim. Mais tarde ou outro dia eu prometo escrever mais.

Charles

1 comentários:

Milton Jr. 27 de julho de 2010 08:02  

Grande camarada,
Bela história. Só não posso dizer o mesmo quanto ao time escolhido... rs
Parabéns atrasado pelo seu aniversário, que o Senhor continue sustentando sua vida.

grande abraço.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Google Search

  ©Template by Dicas Blogger.