Tecnologia do Blogger.

16 setembro 2010

Contra o Agnosticismo

                Existe uma corrente filosófica que afeta diretamente a religião dos seus adeptos: agnosticismo. O agnosticismo afirma que o conhecimento objetivo sobre Deus, sua existência e obras, não é possível. O problema fundamental dessa corrente é que Deus não é um Ser oculto. Ele é conhecível, embora não seja compreensível. Você pode conhecer a Deus, mas não consegue compreender tudo sobre seu Ser. No entanto, ele é o Deus que se revela de forma geral, a todos, sem exceção, através da natureza (Sl 19.1-6; Rm 1.18-25) e do senso de divindade que está gravado em todo coração. Deus também se revela, de forma especial, através da sua Palavra, a Bíblia (Sl 19.7-14; 2Pe 1.21; 2Tm 3.16,17). Logo, o agnosticismo é incoerente; e a raiz do problema é a ignorância e a incredulidade que ele promove. Ignorância, porque não oferece o conhecimento da Palavra de Deus. Incredulidade, porque, seguindo os passos da ignorância, o agnosticismo não promove a fé no Deus que se revela na Escritura Sagrada.
                A Bíblia diz que tudo o que precisamos saber para viver de acordo com o padrão estabelecido por Deus está escrito nela mesma: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2Tm 3.16,17). Devemos buscar conhecimento excelente da Palavra porque ela é inspirada por Deus, ou seja, o Espírito Santo conduziu os homens que a escreveram, de forma que eles registraram fielmente tudo o que Deus lhes havia revelado. Então ela não possui erros. É a fonte segura de conhecimento para aquele que quiser agradar a Deus. Ela também é útil, ou seja, ferramenta proveitosa para o ensino (instrução acerca do conteúdo da verdade); para a repreensão (instrução acerca de como se deve viver pela verdade); para a correção (instrução acerca do que devemos fazer para mudar o que está errado); para a educação na justiça (instrução para amadurecimento , santificação e crescimento espiritual), com o objetivo de prover a igreja de Deus com servos aprovados, que ofereçam bons exemplos de vida cristã, e capacitados e treinados para as demandas do evangelho de Cristo.
                Querido leitor, precisamos recorrer à Palavra de Deus com empenho e dedicação. Ela não pode ser lida apenas nos domingos e, mesmo assim, só na igreja. Ela é tão preciosa e essencial ao nosso relacionamento com Deus, que precisa ser lida e meditada todos os dias. Um homem foi perguntado o que sua esposa faria se ele não dedicasse tempo para ela. Ele respondeu: “Ah, certamente ela ficaria chateada comigo, e com toda a razão”. Então o entrevistador perguntou: “você tem dedicado tempo a Deus?” O homem concluiu que precisava repensar sua vida com Deus. Se não dedicamos um tempo diário com a leitura da Palavra diariamente, precisamos repensar nossa agenda diária. Se tivermos muita facilidade de dedicar tempo a outras coisas que não são importantes em detrimento dos momentos com Deus em meditação na Palavra, então a situação é grave. A indiferença e a frieza espirituais estão às portas, se é que ainda não se instalaram em nosso coração.
                Não seja agnóstico prático, ou seja, aquele que não necessariamente levanta a bandeira do agnosticismo, mas vive numa constante desistência de buscar conhecer mais a Deus. Como sua adoração será recebida por ele se você não o conhecer? Falando sobre o relacionamento superficial de Israel consigo, o Senhor disse por meio de Isaías: “O boi conhece o seu possuidor, e o jumento, o dono da sua manjedoura; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende” (Is 1.3). Conheça a Deus e desfrute das delícias de um relacionamento próximo com o Todo-Poderoso. A Escritura adverte: “Não sejais como o cavalo ou a mula, sem entendimento, os quais com freios e cabrestos são dominados; de outra sorte não te obedecem” (Sl 32.9). Sejamos fiéis e excelentes no conhecimento de Deus pela sua Palavra.

Rev. Charles Melo de Oliveira

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Google Search

  ©Template by Dicas Blogger.