Tecnologia do Blogger.

22 junho 2010

Incoerência na Mídia

No dia 28 de dezembro de 1992 o Brasil ficou chocado pela notícia do assassinato da atriz Daniella Perez, filha da autora de novelas Glória Perez. Este fato provocou até mesmo uma mudança no Código Penal Brasileiro, incluindo homicídio qualificado na lista dos crimes hediondos. O assassinato de Daniella Perez foi um misto de ciúmes, desconfiança, rumores de traição, casamentos desequilibrados, ódio, mentiras, violência e morte.

Curiosamente, as novelas da Glória Perez sempre combinam todos esses temas, somando-se ainda a defesa do homossexualismo. Que incoerência! A televisão propaga justamente o que provocou a morte de sua filha. E esses temas chamativos são responsáveis pela grande audiência e enormes cifras com mechandising, publicidade e propaganda. Na verdade, o que a mídia tem feito é estimular essas coisas: o divórcio, a traição, o desrespeito aos pais, o sexo livre e irresponsável fora do casamento, a violência verbal e física e o apego ao dinheiro (materialismo). Esses dias a Havaianas colocou no ar um comercial onde uma senhora idosa diz para a neta que ela deveria fazer sexo com outro rapaz, só pelo sexo. A imoralidade veiculada na mídia tem destruído os valores da família tais como: fidelidade conjugal, respeito pelos pais, carinho pelos filhos, educação, domínio próprio, humildade, amor e dignidade.

Agora, querem saber de quem é a culpa? Primeiro, dos autores de novelas. Esses dias, um autor de novelas famoso disse em entrevista que ele possui um caderno, que ele chama de “lixo”, onde registra tudo quanto é atrocidade e casos absurdos sobre o tema família. Depois afirmou que é lá que ele se inspira para criar suas estórias. E assim, a cada ano somos bombardeados com idéias que destroem os valores da família estabelecidos por Deus em sua Palavra (Êx 20.12; Ef 5.22-33; 6.1-4). Os outros culpados somos nós! É isso mesmo; os telespectadores são culpados porque insistem em ligar a televisão nessas novelas cheias de impureza e futilidades. Os autores só propõem essas histórias porque isso dá Ibope. Essas histórias continuam sendo veiculadas porque existe quem as assista. Se nós optássemos por não assistir essas novelas que ajudam a destruir nossas famílias, a baixa audiência forçaria a uma reflexão por parte dos chefes televisivos. Também nossas famílias deixariam de ser estimuladas à prática do divórcio, da grosseria, da corrupção, da traição e adultério, do amor ao dinheiro, do egoísmo e do homossexualismo.

Enquanto o querido leitor pensa se sou radical ou não com esse discurso, observe como anda a sua família. Observe se seus filhos são respeitáveis e responsáveis; se trabalham ou estudam buscando se firmar no mercado de trabalho; se eles têm objetivos claros e saudáveis para sua vida; se os casamentos hoje em dia são estáveis; se as pessoas de seu lar se preocupam em demonstrar amor pelo próximo ou se é cada um por si. Ainda há esperança. Cristo é a esperança. Ele pode restaurar um lar destruído, uma vida quebrada, porque ele tem poder. Ele venceu o pecado e a morte mediante sua morte na cruz e sua ressurreição. Seja servo de Jesus e obedeça às suas ordens expressas na Bíblia. Quer saber como evitar que a TV destrua sua família? Não busque sugestões nela; leia a Bíblia. Ela, sim, ensina os filhos a respeitarem seus pais, a esposa a amar ao marido, o marido ser fiel à esposa. Ela sim é coerente e ensina a como ter um lar feliz.

Rev. Charles Melo de Oliveira

4 comentários:

Alfredo de Souza 23 de junho de 2010 04:34  

Grande Charles, será que sou o primeiro? Bem-vindo à blogosfera e que o Senhor Deus o use poderosamente aqui.

Forte abraço

Charles Oliveira 23 de junho de 2010 18:47  

Alfredo,

Sim, Você fez o debut da seção de comentários do blog. Espero acrescentar de alguma forma e depois ver projetos maiores surgir dentro da blogosfera.

Um abraço!

Cláudia 24 de junho de 2010 11:30  

Muito boa essa reflexão!!! Concordo plenamente.
Bj maninho

Charles 24 de junho de 2010 20:14  

Ei, maninha!

Entrei nesse negócio de Blog para dividir minhas idéias e reflexões com outros. Sempre temos coisas para aprender e compartilhar, certo? Sua contribuição será maravilhosa para mim.

Abraço!
Charles

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Google Search

  ©Template by Dicas Blogger.