Tecnologia do Blogger.

12 maio 2011

O EMPENHO PELA EXCELÊNCIA MUSICAL - Tangei com arte e com júbilo. Salmo 33.3b


O “Clube do Fusca” é um dos grupos de afinidade que existe aqui em Boa Vista-RR. Periodicamente são marcados encontros onde é possível ver o quanto os aficionados investem tempo e dinheiro para que seus fuscas sejam o mais original, ou o mais moderno, ou o mais extravagante. Tudo é válido desde que demonstrem a todos o quanto amam o fusquinha. Mas há outros hobbies capazes de unir pessoas afins: motos antigas, pára-quedismo, trilhas de moto, quadriciclo, aeromodelismo etc. É notório em cada ajuntamento desses o interesse dos participantes em investir tempo e recursos pessoais na busca por aprimorar tanto seu equipamento quanto suas habilidades pessoais.

Se compararmos o empenho de alguns do Ministério de Música de uma igreja com o de alguns participantes desses grupos que mencionei acima, a coisa poderia ficar vergonhosa. Esses grupos “seculares” estão aí para mostrar que há muitos músicos e cantores em nossas igrejas que sequer tem encarado seu ministério como um hobbie. Infelizmente muitos músicos de igreja acostumaram-se na mediocridade das notas naturais e desconhecem o mundo harmônico que clama por ser explorado. Afirmam na prática: “Para Deus isto que sei está bom”. O pior é ouvir de alguém que está sendo cobrada para tocar uma música mais elaborada a desculpa: “Eu não sou músico profissional”. Não se trata de profissionalismo, mas da busca pela excelência naquilo que se faz!

Os cantores também deveriam repensar a maneira como estão usando a habilidade que Deus lhes deu. Há muita técnica vocal que precisa ser estudada e praticada. Infelizmente ainda existem os que acham que podem cantar à frente da congregação apenas porque são afinados. Poucos são os que se preocupam durante a semana em cuidar das cordas vocais como um instrumento dado por Deus para servi-lo no ministério musical da igreja.

A desculpa mais comum para o não aprimoramento musical é a falta de tempo. Mas se alguém reservasse 30 minutos por dia, de segunda a sábado, terá estudado 3 horas na semana! É pouco, mas já é alguma coisa. E se estudasse 1 hora? Nesse caso o número de horas dobraria: 6 horas! “Ah... mas eu não sou profissional!” Lógico que não! Um profissional estudaria pelo menos 6 horas por dia! O tempo é feito por aquilo que priorizamos. Você pode priorizar assistir um programa na TV (diante dela alguns se prostram por horas) ou abrir mão dela e reservar algum tempo (pelo menos 30 minutos) para aperfeiçoar sua habilidade como exercício de piedade ao Senhor.

Uma dica importante para o músico: deixe seu instrumento sempre onde você possa vê-lo. Isto o estimulará a pegá-lo e tocar algo, por exemplo (há músicos que são capazes de deixá-los a semana inteira nas dependências da igreja!). Parece loucura isto que vou dizer, mas é preciso que o músico desenvolva um relacionamento afetivo com o seu instrumento. Quando eu tomo outro violão nas mãos, parece-me que estou diante de um desconhecido: há o tamanho da escala, do bojo etc. Demora um tempo até que eu me apresente a ele e o instrumento esteja confortável comigo. Quem toca um instrumento sabe bem do que estou falando. Quanto aos cantores, seu instrumento faz parte do seu corpo! Cuidem da voz, evitem gelados em excesso e cantem buscando novos timbres e técnicas.

Finalizando, o versículo no topo fala sobre tocar de maneira artística. Que cada um se empenhe por tocar e cantar de maneira artística para o Senhor. Aperfeiçoar sua arte, pois Deus não quer que a música para ele seja executada  de qualquer maneira. Informe-se sobre escolas e aulas particulares que possam ajudá-lo. Há sites, comunidades e fóruns virtuais, vídeos no Youtube, apostilas, métodos e um grande leque de informações disponíveis na internet que poderão te ajudar também. Tome seu instrumento (musical ou vocal) e aprimore-o para a glória daquele que te deu esse dom.

Heleno Guedes Montenegro Filho

10 comentários:

Heleno Filho 15 de maio de 2011 07:32  

Infelizmente os comentários deste post foram apagados por problemas técnicos do "blogspot". Mas faço questão de postar alguns que recebi, como forma de honrar e agradecer aos que sempre nos visitam.

Abraços!

Heleno Filho

Heleno Filho 15 de maio de 2011 07:34  

ISABEL CRISTINA, COMENTOU:

"Pr. Como fico alegre em ler seu artigo! É bem verdade que é difícil ter perfeição, mas tocar um som agradável, em dar o melhor para o Senhor deveria ser nossa prioridade. Também tem a desculpa, "tenho tempo", ou " sou mais crente e mais experiente"... No entanto, ter vida pessoal, e ter também o esmero é importante. Duvido se na vida secular alguém apresentaria um canto desafinado, ou tocaria sem estudar... Mas para o Senhor, alguns pensam, que pode ser de qualquer jeito. Que o Senhor nos ajude a servi-Lo com qualidade."

Heleno Filho 15 de maio de 2011 07:34  

REV. CHARLES MELO, COMENTOU:

"Belo texto, Heleno!

Eu tenho batido aqui nessa tecla. O que vejo não é um aprimoramento, mas uma facilitação dos arranjos. É nivelar por baixo! Temos que puxar esse povo para cima! Porque Deus merece algo com excelência.

Anteontem participei da gravação ao vivo do CD do Telo Borges e fiquei impressionado com a competência dos músicos e com a seriedade deles na busca pela perfeição. Fica para nós a lição!

Abraço!"

Heleno Filho 15 de maio de 2011 07:36  

JOSIEL DIAS, COMENTOU:

"Olá meus queridos irmãos; Graça e Paz.
Como é maravilhoso encontrarmos site como este vosso,que propagam a palavra de Deus. Gostei muito de seu blog, é muito edificante.
Aproveitamos a oportunidade para compartilharmos o nosso Blog
Mensagem Edificante para Alma
http://josiel-dias.blogspot.com"

Heleno Filho 15 de maio de 2011 07:37  

PB. HÉLIDO FILHO, COMENTOU:

"Caro Pastor Heleno Filho,

Você sabe minha posição quanto a isso depois de tantos anos tocando juntos (Sempre buscar o melhor)... Concordo em gênero, número e grau... Infelizmente a igreja tá ficando muito cheia de músicos com mentalidade medíocre que se fartam de Fernadinhos e suas músicas de 4 notas naturais, esquecendo de admirar uma bela melodia trabalhada e mais elaborada... É uma pena mesmo... Ainda continuo minha batalha em prol da melhoria musical mas confesso que as vezes me sinto muito só... Tenho saudades de G#7 / 5-, Am7/G, D#dim, F7+/9 e tantas outras belas notas que embelezam nossa música...

Abraços"

Heleno Filho 15 de maio de 2011 07:38  

DAVI NUNES, COMENTOU:

"Amado irmão, parabéns pelo blog e pelas palavras, considero muito corretas e posso dizer que "assino em baixo".

Tenho me preocupado muito sobre esse aspecto da liturgia cristã, muitos realmente não se importam com isso nos nossos dias, me refiro a líderes de igrejas. No mês passado fui até Rondônia com o pastor Jaime ajudar o louvor, no Encontro da Fé Reformada em Ji-Paraná, percebi o quanto as pessoas ficaram entusiasmadas e admiradas com um trio de violões que levamos, fomos fotografados, filmados e etc. Será que fomos considerados artistas? Certamente que isso não é bom, porém percebi que muitos pastores puderam entender que a música tocada com o mínimo de qualidade causa uma grande diferença na verdadeira adoração ao Senhor, infelizmente muitos se empolgam mas as atividades do dia a dia sempre os deixam esquecer do serviço do Senhor. Vamos lutar e fazer nosso trabalho, aquilo que amamos da melhor maneira possível e o melhor de tudo, fazemos para o Senhor, e lutar para que as pessoas se concientizem da necessidade de se preparar e reintero que se precisar de qualquer coisa, me coloco a disposição."

Alfredo de Souza 16 de maio de 2011 08:55  

É isso meu velho, e nesse aspecto creio que a seleção de músicos e cantores para o exercício do ministério da música deve ser rígido (dependendo da disponibilidade de cada igreja). Quando temos a oportunidade de elevar a qualidade profissional - e este é o caso da igreja que pastoreamos - devemos ser firmes em fazê-lo.

Grande postagem!

Ligian 16 de maio de 2011 09:56  

Heleno, mais um post excelente!
Uma pena que os crentes sempre tenham o pensamento de que porque "Deus vê o coração", não importa o que sai... nem vamos entrar em detalhes em relação a essa frase, se não o bicho pegaria pra esse povo!! rsrsrs
Bjim!
Li.

Pr. Hermes Rocha,  17 de maio de 2011 18:04  

Olá, meu velho.
Parabens pelo artigo.

Cah Accioly 26 de maio de 2011 16:57  

Geente, que texto edificante... e a que reflexão me levou! É triste quando percebo que nós ainda investimos MUITO POUCO nesse ministério. é triste ver que poucas pessoas se preocupam em fazer da música um VERDADEIRO MINISTÉRIO, que VERDADERIAMENTE LEVE O REINO DE DEUS ás pessoa, glorificando Seu nome. Concordo c Pr. Charles: temos que NIVELAR POR CIMA! Tenho orado muito p q Deus nos de condições de montar um grupo de jovens que una Música e Evangelismo. Mesmo começando com poucos, já é bom! Pq Deus quer qualidade em td. E tá faltando muiiita Musiqualidade ;D Vamo trabalhar p isso xD

God bless

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

Google Search

  ©Template by Dicas Blogger.